Viva!

Photo by Aurélien Lemasson-Théobald on Unsplash

Viva!
Viva!
Viva!

Não há sentido na vida
A priori a posteriori
Sorria
Exploda
Grita
Ame
Transe
Faça poesia
Mesmo sem escrever
Saia pelas ruas
Distribua abraços
Jogue moedas
Aos artistas
E moradores
De rua
Tente beijar
A lua
Não há sentido na vida
Não se estresse
Não se esqueça
De dizer "Eu te amo"
Que não sejam só
Palavras
Que seja
Poesia
Dê rolê
Em baladas
Cheias e
Vazias
Faça batuque
Com baldes e
Bacias
Aperte a campainha
De todas as
Vizinhas
Beba de todas as bocas
As bocarras
E as boquinhas
Não há sentido na vida
A vida é um sopro
E enquanto se respira...
Viva!

.

.

.

RIP Marília Mendonça!

Sou um poeta iniciante que não é iniciante…

Se minha prosa poética lhe despertou de alguma forma, chega mais nas minhas redes sociais:

Instagram | Twitter

--

--

--

preto poeta de periferia. poesia e resistência são sinônimos pra mim. Meu Podcast "Quebradas, Emoções": https://anchor.fm/poetadatiradentes

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
Poeta de Periferia (gui)

Poeta de Periferia (gui)

preto poeta de periferia. poesia e resistência são sinônimos pra mim. Meu Podcast "Quebradas, Emoções": https://anchor.fm/poetadatiradentes

More from Medium

Adventures Galore

Spiritual Self-Reliance: Developing a Personal Relationship with God

Strafford, New Hampshire